Clinica Horibe

REALIZANDO SONHOS

A Horibe Clínica de Cirurgia Plástica, Estética Médica e Gestão da Prática do Antienvelhecimento, nasceu do sonho dos médicos, Dra. Edith Kawano Horibe e Dr. Kose Horibe. Sua missão é a promoção do bem-estar físico, emocional e espiritual, através de procedimentos apropriados para as suas necessidades, cientificamente comprovados.

A Clínica Horibe desenvolveu um trabalho pioneiro no Brasil, a Cirurgia Plástica por fora e por dentro. Conheça esse novo conceito e essa nova forma de realizar seus sonhos, buscando ao mesmo tempo o bem estar físico, equilíbrio e harmonia em seu interior.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Pernas Preparadas para o Verão

Com toque de sedução, lisinhas e bonitas, as pernas ganham uma infinidade de tratamentos estéticos e cirúrgicos para eliminar pêlos encravados, manchas, flacidez, celulite e gordura localizada

O Verão está chegando e é uma das épocas em que há um grande desfile de pernas expostas nas praias e piscinas, sem falar nas roupas como shorts e mini saia, mas e quem está com vergonha de mostrá-las? Os tratamentos estéticos e cirúrgicos ajudam a moldar as pernas e deixá-las bonitas e bem torneadas, livres de celulite, estrias, flacidez, manchas, gordura localizada e tantos outros problemas que preocupam as mulheres. As pernas também pedem um cardápio balanceado, livre de frituras, alimentos gordurosos, refrigerantes, além do açúcar, sal e álcool, que devem ser evitados.

Vale tudo para ter pernas bonitas e sadias, além dos cuidados com a alimentação, o uso de cremes hidratantes, esfoliação para retirada das camadas velhas da pele são essenciais.

As manchas escuras podem ser tratadas através do peeling ou laser. Pode-se fazer o Blue Peel, que é um peeling extremamente eficaz em toda a perna para o tratamento não só das manchas, assim como para o rejuvenescimento da pele.

As estrias podem ser tratadas com dermoabrasão superficial usando aparelho com ponta de diamante, que pode ser combinado com a intradermoterapia, aplicando substâncias que estimulam a formação de colágeno e elastina.

Já flacidez, gordura localizada e celulite têm como aliados a Carboxiterapia e a Radiofrequência , ambos indicados não só para as pernas, como a face também.

A Carboxiterapia é a terapia de infusão do Dióxido de Carbono (CO2) medicinal, incolor, inodoro e que é considerado atóxico. Sua forma de infusão pode ser intradérmica, subdérmica ou subcutânea, de acordo com o objetivo terapêutico. Com a injeção de gás carbônico, a hemoglobina carregada de oxigênio (O2) pela afinidade com o CO2 realiza troca, liberando O2 para a região, ocasionando o aumento da concentração de O2 no local da aplicação, provocando uma vasodilatação local e ocorrendo ativação do metabolismo.

Segundo a Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, entre os principais benefícios da Carboxiterapia é que a técnica estimula a circulação sanguínea; melhora a oxigenação dos tecidos, estimulando a formação de colágeno e fibras elásticas; apresenta bons resultados no tratamento de celulite, estrias e flacidez de coxa, braços, colo e pescoço; e melhora a qualidade da pele das pálpebras e de toda face.

Uma outra dica para deixar a perna mais linda é a Radiofreqüência - Spectra, aparelho que produz calor na área tratada. O aquecimento promove regeneração do colágeno, quebra de tecido adiposo e fibroso, aumento da circulação e drenagem de fluídos. O objetivo do procedimento é alcançar a temperatura de 40° C na superfície da pele, enquanto a temperatura profunda alcança de 50° a 60° C, assim, ocorre o aquecimento de todos os tecidos que contém molécula de água. “Associando essas duas técnicas o resultado para flacidez, entre outras indicações, é muito satisfatório”, afirma  Dra Edith.

Esse protocolo não é invasivo, nem dolorido e alcança resultados rápidos e bem positivos, quando se almeja tratar o aspecto da flacidez da pele. O segredo está em saber utilizar exatamente a temperatura correta para cada caso.

As pernas também podem apresentar com o avanço da idade ou períodos de ganho e perda de peso, flacidez e acúmulo de gordura na parte interna da coxa. Neste caso, a Dra Edith indica o Lifting de Coxa, que promove a reparação dos efeitos causados pelo excesso de peso ou envelhecimento. A pele que apresenta depressões pode ser suavizada através desse tratamento, proporcionando um contorno da coxa mais natural e menos flácido. Em alguns casos é recomendada também além da Lipoaspiração, o levantamento da região com Fio Lifting, dando um aspecto mais jovial às coxas.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Cirurgia da Face pode Reverter o Processo de Envelhecimento

A Face e o Pescoço com o tempo apresentam flacidez muscular, excesso de pele e rugas

Com o passar dos anos, a pele se torna menos firme e elástica, aparecem rugas e excesso de pele se tornam evidentes. A idade avançada, gravidade, exposição solar, stress, álcool, fumo, má alimentação são os principais responsáveis pelo envelhecimento da face. Porém, muitas vezes ocorre uma disparidade entre a idade biológica e a cronológica, ou seja, a pessoa ainda tem plena energia e vida, mas apresenta um rosto cansado, com bolsas abaixo dos olhos exageradamente visíveis, queda das bochechas e pele pendente na linha da mandíbula e pescoço.

Para reverter o Processo de Envelhecimento é recomendada a Cirurgia da Face ou Ritidoplastia às pessoas com sinais iniciais de flacidez na face ou no pescoço, elasticidade da pele relativamente preservada e uma estrutura óssea forte e bem definida.

Segundo a Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, a Ritidoplastia traz uma aparência mais jovial e melhora a auto-estima, porém a cirurgia não é capaz de modificar totalmente a aparência nem devolver a saúde e vitalidade da juventude. Os efeitos da cirurgia são duráveis, levando-se em conta também a idade, genética, doenças, estilos de vida, alimentação, que contribuem para uma manutenção a longo prazo. “Com o passar dos anos ocorre também a flacidez muscular e a reabsorção óssea. O objetivo dessa cirurgia é devolver este posicionamento e volume, sendo muitas vezes necessária a realização de outros procedimentos, como o peeling ou preenchimentos”, afirma.

O Peeling químico e lasers atenuam rugas e manchas e é indicada para esta época do ano, já que a incidência de raios solares é menos intensa e a temperatura mais amena. Geralmente, o peeling chega às camadas mais profundas da pele, estimulando as células que produzem colágeno e elastina, proporcionando remoção de rugas, linhas finas, manchas e sequelas de acne e flacidez, resultando num verdadeiro rejuvenescimento e "iluminação" a peles desvitalizadas.

Já os preenchimentos faciais são técnicas que promovem o rejuvenescimento com substâncias orgânicas ou inorgânicas injetadas na pele, com o intuito de melhorar a aparência de pequenas linhas e rugas, aumentar os lábios, as “maçãs do rosto”, amenizar cicatrizes e suavizar marcas de expressão profundas da face, especialmente aquelas localizadas ao lado do nariz (“bigode chinês”) e reparar várias imperfeições faciais.

A enxertia autógena, com substâncias do próprio corpo, geralmente feita com gordura do paciente, costuma ser indicada para os que já vão passar por um procedimento de retirada de gordura de outra parte do corpo, como a lipoaspiração. Cerca de 40 a 50% do material injetado é reabsorvido pelo organismo. Os resultados são naturais e não há o risco da rejeição.

A Dra. Edith Horibe esclarece que não existe uma idade ideal para a Cirurgia da Face ou Ritidoplastia, mas sim a oportunidade ideal que é determinada pelo surgimento dos sinais de envelhecimento, como rugas na testa, queda das sobrancelhas, excessos de pele e rugas ao redor dos olhos, queda das bochechas, acentuação do sulco entre o nariz e a boca e um excesso de pele embaixo do pescoço. Uma das cirurgias indicadas para o rejuvenescimento facial é a Blefaroplastia. “É importante observar que a aparência de fadiga é resultante de um conjunto de fatores, e não apenas as pálpebras caídas. Por isso, talvez só a Blefaroplastia não resolva o problema, sendo indicado um tratamento clínico contra rugas e olheiras, bem como peelings para rejuvenescer a pele e obter um resultado harmonioso”, ressalta a médica.

A Blefaroplastia é indicada para rejuvenescer a área ao redor dos olhos. Geralmente, a partir dos 35 a 40 anos, em geral, começa o processo de queda das estruturas faciais com flacidez de pele e músculos, em maior ou menor escala, que de acordo com uma avaliação adequada pode inspirar um tratamento cirúrgico. A Dra. Edith Horibe explica que é fundamental cada caso ser analisado em particular, para se estabelecer o tratamento cirúrgico adequado e com total segurança.

Alguns cuidados são fundamentais para se chegar a bons resultados. Eles começam com a escolha de uma clínica bem conceituada no ramo de cirurgia plástica e a escolha do cirurgião, além de cuidados já no pré-operatório e, principalmente, após a cirurgia, para se alcançar o resultado almejado.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Quer Destacar o Olhar para as Festas de Fim de Ano? Invista nas Sobrancelhas

Sobrancelhas dão um diferencial na expressão facial


Quem não se lembra da expressão refinada da Ava Gardner nos filmes e cartazes por ela protagonizados? Ou na exuberância felina encontrada no olhar da Ana Paula Arósio? Um bom observador diria que as sobrancelhas de ambas se sobressaem dando um diferencial no estilo, no olhar e na expressão facial.

Estes dois casos exemplificam a importância das sobrancelhas e como elas influenciam na expressão facial. Uma sobrancelha levemente arqueada nos cantos, elevada e bem delimitada é sinônimo de sofisticação e elegância. Já uma sobrancelha mais espessa, baixa e reta transmite um aspecto mais masculinizado, agressivo e pouco sofisticado.

A Dra. Edith Horibe, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, presidente da ABMAE - Academia Brasileira de Medicina Antienvelhecimento, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, explica quais são os principais problemas encontrados nas Sobrancelhas e as técnicas de reparação:

- Rarefação de pêlos: ocorre principalmente nas mulheres que realizaram depilação por muito tempo, quando a moda era sobrancelha fina, e os pêlos pararam de crescer. Os tratamentos disponíveis são: maquilagem definitiva e implante de sobrancelhas.

- Dermopigmentação permanente: deve ser realizado por profissional habilitado e com grande experiência no ramo, pois o resultado é definitivo. No geral, utilizam-se tinturas à base de vegetais ou minerais. A qualidade de pigmento é muito importante para que não haja o apagamento precoce ou a transformação da cor (preto para o azulado). A tonalidade mais utilizada é o preto e o marrom, seguindo a cor dos cabelos ou dos olhos. Na Clínica Horibe, a dermopigmentação é feita fio a fio com resultado natural como se fosse fios de cabelo.

Principais problemas: assimetrias, borramento e confecção de sobrancelhas muito espessas. Quando a maquilagem foi realizada incorretamente e há necessidade de retirá-la ou corrigi-la, geralmente é utilizado laser, que tem a propriedade de retirar apenas o pigmento, sem danificar a pele normal.

- Implante de Sobrancelhas: geralmente é realizado retirando-se uma pequena faixa de cabelo da parte posterior da cabeça, que é segmentado em microimplantes contendo 1 a 2 fios de cabelos cada. Estes fios são implantados um a um, com angulação de cerca de 15 graus da pele, com auxílio de uma agulha descartável. Pode-se repetir o procedimento após 6 meses, caso se queira aumentar a densidade da sobrancelha. A vantagem deste método é que a sobrancelha fica reconstituída naturalmente, com pêlos da própria pessoa e a desvantagem para este método é a necessidade de cortar os pêlos regularmente.
Existem também os implantes com fios artificiais, que não necessitam de ser cortados e não requerem área doadora. Como desvantagem, podem causar reações alérgicas, pois o organismo tende a rejeitar os implantes artificiais.

- Excesso de Pêlos: pêlos em grande quantidade são antiestéticos e causam sensação de agressividade. Pode-se retirar o excesso com pinças ou depilação a laser, um método que apresenta resultados duradouros sem causar danos para a pele. No geral, bastam de 3 a 5 aplicações para diminuir cerca de 80% dos pêlos da região afetada.

- Queda da Cauda da Sobrancelha: o processo de envelhecimento da face faz com que as sobrancelhas “escorreguem” pelos ossos da face, aproximando-se mais das pálpebras, diminuindo a distância entre elas. Subir a cauda da sobrancelha é um procedimento cirúrgico que pode ser realizado por diferentes técnicas:

§         Pontos de Sustentação pela Incisão nas Pálpebras: pode ser realizado durante a cirurgia das pálpebras e consiste em descolar a sobrancelha abaixo da musculatura frontal e a seguir, por dentro, são colocados pontos de sustentação na musculatura e o osso em uma posição mais elevda que a anterior.

§         Pontos de Sustentação Externos: consiste em realizar 2 pequenas incisões dentro do couro cabeludo e, através delas, é descolada a parte lateral da testa até as sobrancelhas. São dados então pontos internos, interligando estas incisões e retirando-se o excesso de pele. Estes pontos tracionam as sobrancelhas para cima. Os resultados são imediatos, muito satisfatórios e bastante duradouros. Esta é a pesquisa da Dra. Edith Horibe publicada na revista internacional Aesthetic Plastic Surgery, que serve de referência para os cirurgiões plásticos de todo o mundo.

- Ressecção de Fuso de Pele acima da Sobrancelha: trata-se da retirada de um pequeno fuso de pele da parte superior da sobrancelha, perto da sua cauda. A seguir são dados pontos internos que aproximam as bordas dos cortes. O resultado é bastante duradouro. A cicatriz resultante pode ser de boa ou má qualidade, depende do caso.

- Lifting Coronal: consiste de incisão ampla no couro cabeludo, no descolamento de toda a testa e tracionamento das sobrancelhas para cima, retirando o excesso de pele. Esta técnica permite elevar as sobrancelhas, tratar as rugas da testa e retirar os músculos corrugadores, que causam as rugas entre as sobrancelhas. É uma técnica com resultados bastante duradouros, porém mais agressiva.

Segundo a Dra. Edith Horibe, as sobrancelhas exercem importante função estética no rosto, realçando o olhar e a expressão facial. Porém, nem todas as pessoas nascem com sobrancelhas perfeitas, assim como ninguém está imune à ação do tempo. “Portanto, com as modernas técnicas podemos melhorá-las, rejuvenescê-las, modificá-las na busca de um rosto mais harmônico e jovial”.


terça-feira, 8 de novembro de 2011

Braços Flácidos não combinam com o Verão!

 Técnica de Rejuvenescimento dos Braços com Fio de Polipropileno ou Caprolactone garante um contorno mais natural e menos flácido

A estação mais quente do ano está chegando, o Verão pede blusas, camisas e vestidos cavados, deixando os braços à mostra e evidenciando a musculatura. Como a região do bíceps é uma das que mais geram constrangimento ao público feminino na hora de dar o famoso “tchauzinho”, a cirurgia plástica dos braços é considerada eficaz para esse caso por ser minimamente invasiva e apresentar efeitos bem sucedidos, pois o fio lifting, o fio de polipropileno é bem aceito quando está em contato com a pele. A cirurgia visa retirar o excesso de flacidez, proporcionando um contorno do braço mais natural e menos flácido.

O Fio Lifting passou por vários upgrades até a técnica chegar ao que é hoje. Começou a ser usado na Rússia antes de chegar ao Brasil. A utilização deste fio que possui “garrinhas”- com sentidos opostos - é implantado na pele e inserido através de uma cânula. As garrinhas se abrem, prendendo-se ao tecido, provocando um efeito de tração e suspensão, deixando-o mais firme e suspenso.

Uma outra opção é o Happy Lift, um fio absorvido pelo organismo é capaz de estimular a produção de colágeno (proteína que constitui os tecidos de sustentação da pele). Uma das grandes vantagens do Happy Lift é que o pós-operatório se torna menos desconfortável e posteriormente o fio não é sentido por palpação por ser absorvido. A Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, presidente da ABMAE - Academia Brasileira de Medicina Antienvelhecimento, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, explica que esta técnica é grande aliada da juventude duradoura, pois o material é bem absorvido pelo organismo. Hoje muito utilizado como um procedimento estético minimamente invasivo, provoca um efeito de tração e suspensão na cútis, deixando-a mais firme e suspensa, ganhando, além disso, uma pele mais rejuvenescida.

A cirurgia é uma boa saída para quem está com vergonha de expor os braços flácidos, já que o contorno deles tem sido cada vez mais valorizado, sobretudo em países onde o clima estimula exposição frequente ao corpo. Com o passar dos anos, o envelhecimento natural dos tecidos e as variações de peso podem produzir depósitos de gordura ou flacidez de pele, concentrado nas faces laterais e posterior dos braços. Isto se deve ao excesso de pele formado pelo estiramento desta durante o período de sobrepeso ou perda de elasticidade da pele devido a idade. Assim, as pessoas com o tempo vão ficando com a região do músculo bíceps mais flácido e isso incomoda esteticamente, principalmente as mulheres.

Essa cirurgia pode ser feita com anestesia local, porém se o paciente apresentar ansiedade ou nervosismo poderá ser sedado. “Quem olha para os braços de uma pessoa, que passou por essa cirurgia, acredita que tenha malhado muito na academia, pois ganha esse músculo como se fosse o braço da Madonna, fica muito bonito”, afirma a médica.

O pós-operatório é bastante tranquilo. O paciente já pode fazer algum movimento no dia seguinte, desde que não seja com força. Durante 60 dias deverá tomar um cuidado maior, para que haja um restabelecimento nesse local, não deverá fazer musculação nem pegar muito peso e nem elevar os braços para cima durante este período.

Não existe uma idade ideal para a realização da cirurgia plástica dos braços ou braquioplastia. “É um procedimento que os resultados são muito satisfatórios, realmente fica muito estético, aumenta a auto-estima do paciente e com a cicatriz mínima. O paciente pode utilizar roupas de banho tranquilamente. Temos maior procura pelas mulheres para esse procedimento”, esclarece a Dra. Edith.

As cirurgias com o fio de polipropileno e caprolactone (Happy Lift) são indicadas também para a correção da face, do umbigo, complementação do lifting, que é a cirurgia do rejuvenescimento, para paralisia facial e, principalmente, pacientes idosos e cardiopatas ou diabéticos. “Essa técnica pode ser aplicada em qualquer parte do corpo, desde que apresente queda. A anestesia é superficial e aplicada apenas no trajeto desenhado. Bastante indicada para quem não quer fazer cirurgia plástica ou perder dias na recuperação, uma vez que praticamente não é necessário interromper as atividades”, declara a médica.

Para um resultado bonito, o ideal é não abusar da exposição solar, não exagerar no café, cigarro ou álcool, para garantir uma maior durabilidade ao procedimento. Mesmo sabendo que existe a possibilidade de repetir o processo minimamente invasivo, é prudente proteger a pele e o organismo de fatores que provocam o envelhecimento precoce, finaliza a cirurgiã.


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Temas de maiores demandas como Antienvelhecimento, Fio Lifting e Células Tronco serão apresentados pela Dra. Edith Horibe em Eventos Relevantes no Brasil

Com uma agenda repleta de compromissos, a Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, mal acabou de chegar de Fortaleza, Ceará, onde participou da II Convenção Norte e Nordeste de Medicina Estética, com muito sucesso, já se prepara para mais dois eventos durante o mês de novembro.

A cirurgiã plástica, uma das palestrantes mais aguardadas do evento, estará presente no VII Annual Meeting of Aesthetic Procedures e no 48o Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica, respectivamente realizados em São Paulo e Goiânia.

Ambos os eventos trazem temas atuais nos vários campos da Estética Médica e contam com renomados profissionais nacionais e internacionais. Cada especialista com reconhecida competência em sua área. No Brasil, não há como falar de Antienvelhecimento e cirurgia plástica sem citar a Dra. Edith Horibe, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, presidente da ABMAE - Academia Brasileira de Medicina Antienvelhecimento.

A Dra. Edith Horibe irá apresentar técnicas de rejuvenescimento aliadas a uma nova visão do ser humano como elemento único, pois segundo a médica todo o organismo funciona de modo interligado, uma vez que a Gestão Antienvelhecimento estuda a longevidade e a prevenção dos processos degenerativos do envelhecimento.

Segundo a palestrante, chegar a uma idade avançada depende 30% da herança genética e 70% está relacionado com fatores ambientais, nos quais se incluem a alimentação e o estilo de vida. Da aparência da pele e dos cabelos ao funcionamento dos órgãos internos, o corpo todo reflete a diferença de uma abordagem diferenciada e que visa, acima de tudo, manter o equilíbrio e a vitalidade.

O instigante livro “A Juventude Além do Tempo” - Os 6 Pilares da Saúde para deixar você mais jovem por mais tempo, de autoria da Dra. Edith Horibe e Dr. Kose Horibe, conta que é possível ter uma vida mais longa e continuar com o espírito e a aparência mais jovem, com uma filosofia diferenciada. O paciente é visto como um todo, não só sua parte externa, sua queixa orgânica, mas também sua parte interior, emocional, psicológica e algo mais profundo, a parte espiritual da pessoa. Tudo funciona para que haja uma integração desses três aspectos e o tratamento aconteça de um modo globalizado. A idéia é promover o equilíbrio global do paciente para que se sinta mais feliz e mais jovem.

Uma grande novidade que chegou ao Brasil é o Happy Lift, um fio absorvido pelo organismo capaz de estimular a produção de colágeno (proteína que constitui os tecidos de sustentação da pele). Uma das grandes vantagens do Happy Lift é que o pós-operatório se torna menos desconfortável. A médica explica que esta técnica é uma grande aliada da juventude duradoura, pois o material é bem absorvido pelo organismo. Hoje muito utilizado como um procedimento estético minimamente invasivo, provoca um efeito de tração e suspensão na cútis, deixando-a mais firme e suspensa, ganhando além disso uma pele mais rejuvenescida.

É indicado para pacientes de menor e maior faixa etária, ou simplesmente para aqueles que não querem ser submetidos às cirurgias convencionais com corte, internação, anestesia geral e muito tempo para se restabelecer. Serve de complemento para pacientes que já operaram ou fizeram uma plástica facial, mas que querem só dar uma “levantada” sem passar por nova cirurgia plástica. Indicada também para pacientes que possuem problemas clínicos, ou com paralisia facial, o fio lifting pode também ser utilizado para os braços e outras regiões.

Em se tratando de pesquisas com cosmecêuticos e com células-tronco, distintamente, já começam a trazer resultados interessantes também na área da cirurgia plástica, tanto que a Dra. Edith Horibe estará trazendo embasamentos científicos sobre esse assunto de extrema relevância para a saúde, assim como para a estética.

“É de conhecimento que a ciência descobriu que combinar células-tronco e gordura extraídas do próprio corpo proporciona bons resultados rejuvenescer a face, como preenchimento, inclusive para outras áreas do corpo”, salienta a cirurgiã plástica.

Dra. Edith Horibe compartilha desta premissa, porém ressalva que não se pode limitar a pele ao estético, é necessário os preceitos do antienvelhecimento, como cuidar da mente, ter uma alimentação balanceada, praticar exercícios físicos, otimização hormonal - modulação com hormônios bioidênticos etc.

"Temos consciência de que podemos ajudar as pessoas a conquistarem um corpo e rosto mais firmes, jovens e mais saudáveis, assim como um estado de espírito renovado e confiante", conclui Dra. Edith. 

Serviço:


VII Annual Meeting of Aesthetic Procedures

Data: De 03 a 05/11

Palestra com Dra. Edith Horibe, Mesa Redonda: Rejuvenescimento Facial II, com o tema: “Rejuvenescimento facial: como eu trato”, no dia 03/11, das 12h às 12h15 e no dia 05/11, a médica será Moderadora da Mesa-Redonda: Atualidades e Novas Tecnologias II.

Local: Centro de Convenções Fecomercio, em São Paulo

Endereço: R. Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista - São Paulo - SP

Informações:  tel.: (11) 2168-3400 / secretaria@aestheticprocedures.com.br




48o. Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica

Data: De 11 a 15/11

Dra. Edith Horibe participará da Mesa Redonda: “Procedimentos Minimamente Invasivos”, dia 14/11, das 16h30 às 18h

Local: Centro de Convenções - Goiânia - GO

Inscrições: R. Funchal, 129- 2o. andar, cj. 21 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3846-8813
Email: sbcp@cirurgiaplastica.org.br
 



sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Orientais são vaidosos, apreciam a estética, o belo e valorizam a própria beleza

Ocidentalização das Pálpebras, Prótese de Mamas, Lipoescultura e Rinoplastia são alguns dos procedimentos cirúrgicos mais procurados pela comunidade nipônica
 


Hoje em dia a cirurgia plástica deixou de ser um luxo e está acessível a todos os bolsos, cuidar da beleza é um item de consumo facilitado pela modernidade, assim como o turismo, vestuário, automóveis, tecnologia e etc.

A procura de cirurgia plástica no Brasil pelos descendentes de orientais vem crescendo cada vez mais nos últimos tempos, sendo as mais solicitadas as dos olhos e das próteses de mamas. Essas cirurgias são consideradas comuns entre os descendentes e principalmente entre os dekasseguis quando retornam ao Brasil. O curioso é que até mesmo nos famosos mangás observa-se que os personagens têm os olhos grandes.

 A Ocidentalização das Pálpebras é para amenizar a aparência de olhos "puxados" ou "rasgados", o chamado olhar oriental. Os orientais têm ausência do sulco palpebral superior (ausência de dobra na pálpebra superior), que geralmente fica 7 a 8mm da borda dos cílios, excesso de bolsas de gordura na região lateral da pálpebra superior e epicanto medial (prega de pele na parte medial do olho). A cirurgia consiste em retirar parte da gordura existente nas pálpebras superiores e, na maioria das vezes, também de uma tirinha fina de tecido muscular para eliminar o aspecto inchado, típico dos r ostos orientais. Depois, é feita uma "dobrinha" em cima dos olhos. "Os ocidentais têm naturalmente uma pequena dobra na pálpebra superior, enquanto que 50% dos orientais não. A cirurgia faz a fixação da pele no músculo elevador da pálpebra e tarso, de modo a fazer a dobra e simular a pálpebra ocidental", explica a cirurgiã plástica Dra. Edith Horibe, PhD pela Faculdade de Medicina da USP.
O olho oriental também costuma apresentar maior gordura nesta região em relação aos ocidentais, ficando assim com o conjunto ocular mais proeminente. "Na maioria dos casos, pode ser interessante retirar um pouco da gordura, mas o mais importante é fazer a dobrinha bem calculada", diz a especialista. Segundo a Dra. Edith Horibe, é importante levar em consideração as características próprias da pele oriental, mais propensa à formação de cicatrizes em forma de quelóides.

Esta cirurgia além do uso estético, também tem a utilidade de correção.
As pessoas que nascem sem as pregas nos olhos têm chances de desenvolverem problemas visuais com o decorrer do tempo, o excesso de pele vai aumentando a ponto de acarretar dificuldade visual, sendo muitas vezes necessária a intervenção cirúrgica.

É uma cirurgia rápida, de pouco mais de uma hora e não precisa de internação. Logo de imediato já se vê o resultado. Três dias depois começa a retirada dos pontos, que termina em cinco dias. Em uma semana ou um pouco mais, o paciente já pode levar uma vida normal.

Quanto às mamas, boa parte das orientais apresenta a hipomastia ou mamas pouco desenvolvidas. Como as mamas são símbolo da feminilidade, as mulheres querem que sejam proporcionais ao corpo. Geralmente, se opta pela colocação de uma prótese de silicone, mas primeiro se discute o tipo, os riscos e se explica que já existem informações científicas suficientes para utilizar o silicone sem medo. As incisões podem ser do tipo areolar, preservando-se o mamilo e a sensibilidade. A cicatriz fica imperceptível. Pode também ser feita uma incisão sub-mamária, usada quando a aréola é pequena, ou ainda, a técnica transaxilar.
 A recuperação é tranquila e a cirurgia leva pouco mais de uma hora. As pacientes ficam internadas por 24 horas ou operam de manhã e vão embora à noite. Usa-se anestesia geral ou local e sedação, se a pessoa estiver tranquila. As pacientes apreciam muito os resultados.

Já para dar o toque final ao contorno corporal e deixar o corpo mais acentuado e sensual, a lipoescultura vem sendo cada vez mais requisitada. A lipoescultura nada mais é do que a lipoaspiração usada na modelagem da silhueta.

A lipoaspiração não é um substituto das dietas, mas promove a remoção das gorduras que não respondem aos tratamentos de emagrecimento ou aos exercícios físicos, sendo o procedimento mais procurado entre homens e mulheres. É o método mais rápido e efetivo de retirar as gorduras localizadas. Com ela é possível esculpir o corpo, realizando a lipoescultura, que consiste em retirar a gordura de algumas áreas (abdômen, costas, flancos, culotes e coxas), colocando em outras (nádegas, retrações naturais, depressões de celulite). "A melhor indicação da lipoaspiração é o paciente que apresenta gordura localizada e que está dentro da sua faixa normal de peso", afirma a cirurgiã plástica. "Trata-se de um procedimento muito seguro, desde que se obedeça aos preceitos médicos de segurança e que seja realizada corretamente. Oferece resultados rápidos, remodela ção corporal duradoura e cicatrizes praticamente imperceptíveis", comenta a cirurgiã plástica.

Como a Beleza está cada vez mais em evidência, os públicos feminino e masculino vão em busca também de outro procedimento estético, a Rinoplastia. Muitos orientais têm o dorso do nariz achatado, o chamado nariz asiático e querem aumentá-lo para dar equilíbrio maior ao perfil. Geralmente, a correção é feita colocando-se implantes dentro do nariz. Os mais empregados são os silicones sólidos.

A cirurgia dura em média 2 horas e pode ser realizada sob anestesia local ou sedação. Quanto aos cuidados pós-operatórios, é primordial deixar um curativo nas narinas por 24 horas para ajudar a hemostasia. "Toda vez que for necessária a remodelagem óssea utilizamos gesso durante 7 dias para garantir uma consolidação adequada", explica a cirurgiã.

Após essas ações, geralmente é feito um curativo adicional por mais 7 dias, quando a pessoa pode retornar às suas atividades. Entretanto, o resultado definitivo é visível após 3 ou 4 meses.

"O tempo de recuperação varia de 10 a 15 dias. Quinze dias após a cirurgia, os hematomas costumam desaparecer", resume Dra. Edith Horibe.

Ainda em se tratando de Beleza é grande a procura pelo implante de próteses de silicone pelas mulheres orientais nas mamas e no bumbum também, já que ambos costumam ser pequenos.

Para remodelar o bumbum, a prótese glútea é bastante frequente em orientais, pois são origens raciais que costumam ter esta região bastante achatada e sem forma e a prótese torna-se então indispensável.
Hoje as próteses têm formatos que proporcionam um resultado muito natural e, consequentemente, houve um aumento na procura para inclusão de prótese de silicone nos glúteos.

Para que o efeito resulte harmonioso deve-se levar em consideração o corpo da paciente. Se ela for muito magra limita-se o tamanho da prótese a ser utilizada. O ideal é que a paciente possua um pouco de cobertura gordurosa na região ou em outra parte do corpo para a realização de sua retirada e posterior enxerto.
Além do aumento pode-se realizar a elevação do glúteo e tratar a flacidez.
É muito comum o cirurgião plástico realizar os três procedimentos juntos: enxerto de gordura, inclusão de prótese e elevação de glúteo. A cicatriz é quase imperceptível.

"A mulher oriental não costuma acumular gordura nos glúteos, mas sim no abdômen e na região que vai das costas às nádegas. Portanto, ela se beneficia muito da transferência de gordura dessas áreas para o bumbum. Isso não significa a descaracterização da raça, mas sim realçar a sua sensualidade", afirma a médica.

O padrão de beleza ocidental chama a atenção dos orientais, daí as clínicas de cirurgia plástica servirem de referência aos descendentes de orientais.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Tema do Livro “A Juventude Além do Tempo” vira Palestra na II Convenção Norte e Nordeste de Medicina Estética

A belíssima cidade de Fortaleza, no Ceará, servirá de palco para ilustres personalidades nacionais e internacionais da Medicina Estética e contará com palestras de interesse atual voltadas para os cuidados com a aparência, com o corpo tão cobrado hoje em dia pela sociedade atual, durante a II Convenção Norte e Nordeste de Medicina Estética, evento bienal da Associação Brasileira de Medicina Estética (ABME) e da International Association of Aesthetic Medicine (IAAM/ASIME), que acontece durante os dias 14 e 15 de outubro, no Centro de Eventos do Complexo Hospitalar São Mateus, situado na Avenida Santos Dumont, 5.633, Bairro do Papicu, em Fortaleza.

A Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, dará uma Conferência Magna, no dia 14/10, das 16h30 às 17h10, e discursará sobre “A Juventude Além do Tempo”, que também é tema do livro da especialista.

Durante a palestra, os participantes poderão conhecer sobre um assunto tão em voga ultimamente, o Antienvelhecimento. A Dra. Edith Horibe explica que para se alcançar a longevidade, a receita é simples: bom-humor, disposição, exercícios físicos e alimentação saudável. A meditação também faz parte, pois ajuda a quebrar o fluxo de pensamentos do cotidiano, aliviando a tensão emocional e reduzindo a ansiedade, o estresse, além de melhorar a concentração.  É um caminho de autoconhecimento e autopercepção.

O instigante livro “A Juventude Além do Tempo” - Os 6 Pilares da Saúde para deixar você mais jovem por mais tempo, conta que é possível ter uma vida mais longa e continuar com o espírito e a aparência mais jovem, com uma filosofia diferenciada. O paciente é visto como um todo, não só sua parte externa, sua queixa orgânica, mas também sua parte interior, emocional, psicológica e algo mais profundo, a parte espiritual da pessoa. Tudo funciona para que haja uma integração desses três aspectos e o tratamento aconteça de um modo globalizado. A idéia é promover o equilíbrio global do paciente para que se sinta mais feliz e mais jovem.

O tema da palestra aborda também que por mais que se saiba que as pessoas começam a envelhecer desde o momento em que são geradas, poucos lidam bem com esta realidade, muitos entram em pânico quando percebem que estão ganhando rugas no rosto, aumento de peso, que os sinais da idade começam a desabrochar e a aparência não é mais a mesma, mas a Dra. Edith Horibe esclarece que hoje já é possível contar com um conceito pioneiro e inovador que propõe a prevenção pró-ativa antienvelhecimento que agrega tratamentos internos e externos para uma saúde plena, que só começa a tratar o indivíduo após uma avaliação, questionários e exames que levam a diagnósticos precisos.

Para o bom desempenho de um tratamento estético, os 6 Pilares fundamentais: 1 - Bem-Estar mental e espiritual, através de técnicas e orientações da física quântica e meditação; 2 - Otimização hormonal - modulação com hormônios bioidênticos; 3 - Alimentação Antienvelhecimento com alimentos funcionais; 4 - Suplementação nutricional; 5 - Exercícios físicos regulares, e 6 - Tratamentos estéticos, que constam do Programa Gestão de Idade, elaborado pela Dra. Edith Horibe e o Dr. Kose Horibe, são essenciais para o alcance da longevidade com saúde e produtividade e por isso faz parte do tema da palestra.

 “Temos consciência de que podemos ajudar as pessoas a conquistarem um corpo e rosto mais jovens e mais saudáveis, assim como um estado de espírito renovado, confiante e equilibrado”, conclui Dra. Edith. 

Serviço:

II Convenção Norte e Nordeste de Medicina Estética

Dias: 14 e 15/10
Local: Centro de Eventos do Complexo Hospitalar São Mateus
Endereço: Avenida Santos Dumont, 5.633 - Bairro do Papicu - Fortaleza, Ceará

Contato: Secretaria: Biomedfor Eventos - Fone/Fax: (85) 3242-6897 -
www.abmaefortaleza2011.com.br


Conferência: “A Juventude Além do Tempo”

Conferencista: Dra. Edith Horibe

Dia: 14/10
Horário: das 16h30 às 17h10



terça-feira, 20 de setembro de 2011

ADOLESCENTES E ESTÉTICA

Como resistir aos hábitos tão exagerados da adolescência? Parece quase impossível controlar a vontade de ir às baladas, perder noites de sono, fumar, beber, frequentar fast foods, enfim entrar num ritmo que com certeza muitos adultos não aguentariam. Imagine então, como ficam o corpo e a mente dos adolescentes. A consequência nem sempre é a mais positiva: o organismo ressente, a pele fica com aspecto cansado e o envelhecimento precoce começa. Existem ainda, os adolescentes que passam boa parte do tempo na frente do espelho, admirando e criticando seus corpos, pois muitos jovens querem se tornar novas celebridades e modelos.

Nestas situações é fundamental a postura de médicos e esteticistas, que muitas vezes assumem o papel de “educador” orientando quais procedimentos são mais apropriados e menos prejudiciais para esta faixa etária, levando em conta a importância de se respeitar o crescimento e os hormônios em ebulição.

Segundo a Dra. Edith Horibe, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, presidente da ABMAE - Academia Brasileira de Medicina Antienvelhecimento, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, os grandes vilões para a vaidade dos jovens são a acne, as estrias e a celulite, muito comuns nesta fase e que podem agravar-se com uma má alimentação. “A partir dos 12 anos, eles já chegam à Clínica procurando tratamentos”.

Para cravos e espinhas, os procedimentos mais indicados são a limpeza de pele e o peeling. “Uma outra dica importante, após conversar com um especialista é a higienização da pele, que pode ser feita em casa, utilizando os produtos adequados, como leite de limpeza, sabonete esfoliante e loções para controle da oleosidade, controle bacteriano e proteção solar”, informa a médica.

Os métodos mais indicados para o controle da celulite são os procedimentos não invasivos, acompanhados pela drenagem linfática. “Uma dica é controlar a alimentação e fazer atividades físicas”, lembra Dra Edith, que faz um trabalho diferenciado com adolescentes.

Outro problema que constrange muitos jovens são as estrias, que surgem devido ao crescimento corporal, podendo ser tratadas com o peeling Dermoabrasão com ponta de diamante, aplicado por um esteticista, seguida da mesoterapia com acompanhamento médico.

Para combatê-las, a Clínica Horibe possui massagens estimulantes com produtos à base de colágeno e elastina. Existe uma técnica conhecida como "pinçamento", que é bem eficiente (desde que feita regularmente, associando produtos à manobra), que estimula a produção de colágeno repondo o que foi perdido com o rompimento da pele, fator que gera a famosa e temida estria.

Essa manobra ativa profundamente a circulação da área afetada, estimulando o corpo a formar as novas fibras para a recuperação da pele. Esse procedimento é fundamental para preparar a pele que receberá o tratamento para estrias, pois quanto melhor a qualidade da pele, melhor será o resultado do tratamento. A manobra é dolorida, porém se torna compensadora, quando se percebe que as lesões vão clareando. Esse procedimento age primeiramente dentro da lesão, ou seja "preenchendo" a estria, em seguida age na tonalidade, deixando-a com a cor bem próxima a da pele do cliente.“O resultado é de 70% a 80% de melhora. Outros recursos bem eficazes são o laser e a carboxiterapia, que dependo da avaliação podem resultar em tratamentos mais curtos", declara Dra. Edith.

De acordo com a médica, os jovens já são 20% de todo quadro de pacientes da clínica. Por este motivo, já existem produtos e técnicas diferenciadas para preservar a beleza do adolescente. “Normalmente, os tratamentos não apresentam contra-indicações, mas sempre há a necessidade de consultar um especialista”, finaliza a cirurgiã.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Medicina Antienvelhecimento

Gestão Antienvelhecimento retarda a idade biológica, mantém a juventude e a beleza como consequência natural


Prevenir e adotar hábitos saudáveis é uma boa saída para combater o envelhecimento. A prevenção anti-aging é uma ciência multidisciplinar que visa cuidar do indivíduo integralmente, analisando todos os aspectos físicos e psíquicos e indicando hábitos que mantêm uma juventude interna e externa.

As alterações físicas que acontecem no envelhecimento são decorrentes de fatores como estresse, alimentação, exposição solar e estilo de vida. Mas, quem não teve oportunidade de se prevenir, pode ficar tranquilo. O melhor caminho é começar o mais rápido possível as terapêuticas do tratamento anti-aging.

Uma excelente opção de tratamento completo e que atua no organismo de forma geral é a Ciência voltada à Gestão Antienvelhecimento. Da aparência da pele e dos cabelos ao funcionamento dos órgãos internos, o corpo todo reflete a diferença de uma abordagem diferenciada e que visa, acima de tudo, manter o equilíbrio e a vitalidade.

A cirurgia plástica geralmente contribui positivamente para a saúde física e psicológica, trazendo confiança em si mesmo e nas relações com os outros, contribuindo para um desenvolvimento pessoal com um olhar novo para a vida.

No Programa Gestão da Idade, a cirurgia plástica aparece como um recurso expressivo que deve ser precedido pela estética médica e seus respectivos tratamentos que podem minimizar os efeitos do relógio biológico, com tratamentos estéticos, dietas antioxidantes, equilíbrio hormonal, suplementos vitamínicos, manutenção do peso ideal, vida sexual e social ativa, combatendo as doenças degenerativas e crônicas através da detecção e aplicação de terapêuticas adequadas e chegar a idades avançadas de forma bem sucedida.

O Programa Gestão da Idade, criado pelos cirurgiões plásticos Dra. Edith Horibe e Dr. Kose Horibe, é baseado em 6 Pilares:

1 - Bem-Estar mental e espiritual, através de técnicas e orientações da física quântica e meditação;
2 - Otimização hormonal - modulação com hormônios bioidênticos;
3 - Suplementação nutricional;
4 - Alimentação Antienvelhecimento com alimentos funcionais;
5 - Exercícios físicos regulares;
6 - Tratamentos estéticos.

Hoje as bases para um tratamento preventivo do envelhecimento são seguras, beneficiando a beleza e a juventude de forma saudável e segura, garantindo o rejuvenescimento por dentro e por fora.

Dra. Edith Horibe
draedith@clinicahoribe.com.br

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Num Mundo voltado para a Beleza, o Tabaco também faz suas Vítimas

Médica explica os reflexos negativos do tabaco na cirurgia plástica


A prática do fumo tornou-se cada vez mais comum não só entre os adultos, mas também entre os jovens. Hoje o cigarro é um dos produtos mais vendidos no mundo. Diversas pesquisas apontam que, na última década, a idade em que meninas e meninos começam a fumar é cada vez mais cedo.

E num mundo em que a Beleza é enfatizada a todo o momento, a grande vítima do tabaco é a aparência do fumante. Além de causar dependência, a nicotina reduz a oxigenação do fluxo sanguíneo e de nutrientes que as células recebem por meio do sangue. Com isso, a pele perde o viço e começa a envelhecer precocemente. E, ainda, retarda o processo de recuperação no pós-operatório.

O cigarro faz enormes estragos à aparência também quando unido ao sol. A pele das pessoas que tomam sol e fumam envelhece dez vezes mais rápido do que a de quem não tem esses costumes. Isto ocorre, porque a exposição solar, assim como a nicotina, destrói as fibras de colágeno e elastina, acelerando o processo de envelhecimento.

Considerado por muitos, como um símbolo de status, o cigarro é um dos piores inimigos da saúde e tornou-se um problema mundial, por causa de um dos seus componentes, a nicotina, causadora da dependência física e psíquica.

O tabaco é sem sombra de dúvidas o responsável por milhões de mortes em todo o mundo e a sua carga maléfica afeta não só os que consomem a droga, mas também os que não o consumindo são vítimas diretas do seu consumo, por ser um fumante passivo.

“Quanto mais cigarros fumados, há mais riscos de adquirir doenças do coração, hemorragias cerebrais, cânceres de pulmão, boca, laringe, esôfago e nascimentos de bebês prematuros.


No caso do vício da nicotina em processo de cirurgia plástica, a Dra. Edith Horibe, cirurgiã plástica, PhD pela Faculdade de Medicina da USP, presidente da ABMAE - Academia Brasileira de Medicina Antienvelhecimento, expoente em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, alerta: “Não há como ignorar os reflexos negativos do fumo. A recuperação é mais prolongada e existe um maior índice de complicações como, formação de necroses, infecções e problemas na cicatrização”, explica a especialista.

A pele corresponde a 20% do peso corpóreo e, consequentemente, qualquer alteração que ocorra com o organismo, afeta-a diretamente. Quando os pulmões respiram mal,
diminui também a taxa de oxigenação da pele. Com isto, todas as funções metabólicas ficam alteradas, desencadeando o envelhecimento precoce. “O fumo afeta diretamente a quantidade de vitamina A, C e E (antioxidantes naturais) presentes em grande quantidade na pele, os quais neutralizam os radicais hidroxilas (OH). A falta de vitaminas diminui a resistência da pele aos radicais livres e afeta a síntese de colágeno”, afirma Dra. Edith Horibe.

A Dra. Edith Horibe esclarece que quem é fumante e deseja se submeter a uma cirurgia plástica, é interessante programar a cirurgia com antecedência e suspender o fumo de preferência um mês antes, tornando possível uma melhor cicatrização da pele, além do paciente se beneficiar desse período em que não vai fumar.

Para quem procura dicas de como ter uma vida saudável e se preocupa com questões antienvelhecimento, a Dra. Edith Horibe lançou recentemente o livro: “A Juventude Além do Tempo” - Os 6 Pilares da Saúde para deixar você mais jovem por mais tempo, da Editora Gente.

Os autores Dra. Edith Horibe e Dr. Kose Horibe estimulam as pessoas a incluir em suas metas de 2011, a sabedoria da Gestão de Idade.

Os especialistas elaboraram o Programa Gestão de Idade e estruturaram a viabilidade da longevidade com saúde e produtividade em 6 pilares fundamentais: 1 - Bem-Estar mental e espiritual, através de técnicas e orientações da física quântica e meditação; 2 - Otimização hormonal - modulação com hormônios bioidênticos; 3 - Alimentação Antienvelhecimento com alimentos funcionais; 4 - Suplementação nutricional; 5 - Exercícios físicos regulares, e 6 - Tratamentos estéticos.

Segundo os autores para se alcançar a longevidade, a receita é simples: bom-humor, disposição, exercícios físicos e alimentação saudável, além da otimização hormonal e uso de suplementos alimentares. A meditação também faz parte, pois ajuda a quebrar o fluxo de pensamentos do cotidiano, aliviando a tensão emocional e reduzindo a ansiedade, o estresse, além de melhorar a concentração, complementando com os tratamentos estéticos. É um caminho de autoconhecimento e autopercepção.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

NEWSLETTER

Editorial


Mais um ano se inicia e para os que costumam afirmar que o Ano Novo só começa mesmo depois do Carnaval, na Clínica Horibe a história é bem diferente, 2011 chega com muitas notícias já a partir de janeiro.

Realizamos o Workshop Programa Gestão de Idade - PGI voltado para a Qualidade de Vida, na 1a. quinzena de janeiro. O assunto em voga foi como evitar o Envelhecimento precoce. Envelhecer é algo natural e inevitável. Porém, há várias maneiras de se retardar os sinais de envelhecimento.



O Programa Gestão de Idade - PGI foi estruturado em 6 pilares fundamentais:
1 - Bem-Estar mental e espiritual, através de técnicas e orientações da física quântica e meditação;
2 - Otimização hormonal - modulação com hormônios bioidênticos;
3 - Suplementação nutricional;
4 - Alimentação Antienvelhecimento com alimentos funcionais; 5 - Exercícios físicos regulares, e 6 - Tratamentos estéticos.
No Programa Gestão de Idade - PGI, a cirurgia plástica aparece como um recurso expressivo que deve ser precedido pela estética médica e seus respectivos tratamentos que podem minimizar os efeitos do relógio biológico, com tratamentos estéticos, dietas antioxidantes, equilíbrio hormonal, suplementos vitamínicos, manutenção do peso ideal, vida sexual e social ativa, combatendo as doenças degenerativas e crônicas através da detecção e aplicação de terapêuticas adequadas e chegar a idades avançadas de forma bem sucedida.
Uma das novidades fica por conta da programação para este ano, em que a Clínica Horibe irá realizar periodicamente um Workshop, sendo o próximo dia 12 de fevereiro, para que o público interessado tenha mais acesso a informações relevantes da área da beleza e saúde, com uma linguagem acessível e coloquial para que todos possam entender.
Vamos lembrar que 2010 exigiu muito trabalho, dedicação e união. Trabalhamos intensamente para o lançamento, no final do ano passado, do livro “A Juventude Além do Tempo” - Os 6 Pilares da Saúde para deixar você mais jovem por mais tempo, atualmente uma explosão de sucesso!

O livro é uma boa dica para presentear os amigos interessado em assuntos ligados a Anti-aging, pois a obra trata justamente como rejuvenescer por dentro e por fora com saúde e beleza. Para se alcançar a longevidade, a receita é simples: bom-humor, disposição, exercícios físicos e alimentação saudável, otimização hormonal e uso de suplementos alimentares.

A meditação também faz parte, aliviando a tensão emocional e reduzindo a ansiedade, o estresse, complementando com os tratamentos estéticos.
De olho no Carnaval que será em março, nossa dica para melhorar o visual de que têm samba no pé, pensamos em alguns tratamentos estéticos e alguns retoques cirúrgicos que fazem toda a diferença: cirurgia de mamas, lipoaspiração, remoção de bolsas de gordura dos olhos, lifting, minilifiting, toxina botulínica, preenchimentos, ocidentalização das pálpebras e vários outros, para se destacar durante os dias de folia.


Um Próspero Ano Novo e aguardem, porque 2011 ainda reserva muito mais surpresas.



Queremos saber a sua opinião sobre o nosso newsletter. Após sua leitura, acesse o nosso site (www.clinicahoribe.com.br), cadastre-se e contribua com suas sugestões, críticas e elogios.

Muito obrigado,
Até breve!



Como lidar com a Flacidez da Pele? A resposta pode se resumir a uma única palavra: SPECTRA

Ficar com a pele toda flácida, uma gelatina incomoda muita gente. A flacidez pode aparecer no corpo e no rosto de diversas maneiras: após dietas rígidas, depois da gravidez e com a idade mesmo que vai avançando.

Mas, é póssível minimizar e retardar ao máximo o seu aparecimento com exercícios físicos, boa alimentação, boas horas de sono, beber bastante água, usar sempre filtro de proteção solar e deixar de lado os hábitos que envelhecem, como o fumo, o estresse e até mesmo o estilo de vida deve ser levado em conta.

O envelhecimento cutâneo ocorre por fatores intrínsecos, como o envelhecimento cronológico e extrínsecos, como o fumo, má alimentação, falta de exercícios físicos e outros. Entre os principais danos causados pelo tempo, está a redução de elastina e colágeno, fibras de sustentação que previnem a flacidez e a formação de rugas.

A Dra. Edith Horibe e Dr. Kose Horibe, cirurgiões plásticos, expoentes em Gestão Antienvelhecimento e em Estética Médica, utiliza o equipamento de radiofrequência SPECTRA, e os clientes se mostram satisfeitos com os resultados. O aparelho é capaz de recuperar regiões do corpo mais acometidas pela flacidez da pele, como braço, seios, coxa, pescoço, joelho que antes só tinham soluções cirúrgicas. Através de duas manoplas produz efeito térmico, capaz de promover o rejuvenescimento facial e corporal, como no caso da flacidez cutânea, fibroses, celulite, envelhecimento e até gordura localizada.

As aplicações do SPECTRA, feitas por esteticistas, pois os médicos apenas supervisionam, induzem o corpo a produzir novas fibras de colágeno de sustentação. “Temos consciência de que podemos ajudar as pessoas a conquistarem um corpo e rosto mais firmes, assim como um estado de espírito renovado e confiante”, afirma a Dra. Edith Horibe.

Que tal cuidar do corpo e dar adeus à flacidez?